MOITA COM @RTE | DIA DO MUNICÍPIO

O Blog “A Boa Vida Persegue-me” enfatiza o Dia do Município da Vila da Moita com artistas plásticos locais.

O Dia do Município – feriado municipal móvel que coincide com a terça-feira seguinte ao segundo domingo do mês de setembro – assinalou-se este ano a 15 de setembro.

A data foi proposta no ano de 1952 e aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal, a fim de coincidir com o dia semanal mais festivo do período das Festas em Honra de Nª Senhora da Boa Viagem. Até 1941, o feriado municipal era comemorado no 1º de maio, passando depois para o dia 13 de janeiro, data da restauração do concelho.

Na Galeria do Blog “A Boa Vida Persegue-me” é comemorado com Arte, através de uma Exposição Virtual, seguindo deste modo as orientações da nova realidade, motivada pela pandemia do novo coronavírus.

Só assim me faz sentido celebrar, com Arte, reunindo Artistas Plásticos Locais, aproximando-os dos cidadãos (observadores), das pessoas singulares ou coletivas homenageadas pelo Município e os diversos agentes/forças vivas desta terra, numa celebração “de força de união comunitária” e afirmação da cidadania. Na partilha de formas de bem-estar e respeito com o outro.

Deste modo e por via digital, numa expressão clara de um município unido e forte na afetividade, na diversidade cultural, na sua história e património, orgulhoso da sua identidade, reúno as obras de três artistas plásticos locais.

Rogério Magalhães, António Tapadinhas e Vítor Moinhos. Harmoniosamente orquestrados com o concelho da Moita passam para as telas as suas diferentes formas de sentir o município.    

Nesta mostra propõem-nos uma exposição focada na vida, na paisagem urbana, nos bairros históricos/antigos, nas cores vivas de uma vivência com o rio tejo, e na identidade do povo da Moita. Ultrapassando as manifestações individuais projectando a exposição para um nível mais elevado, a sua manifestação colectiva.

Os artistas têm um papel fundamental enquanto promotores da criatividade, da partilha de conhecimento e da diversidade cultural.

A qualidade, a criatividade, o empenho e tê-los aqui reunidos só pode criar em mim a vontade de apoiar cada vez mais os artistas locais e promover este sector da arte.

Talvez por isso dinamizo um conjunto de iniciativas que valorizam a arte e apoiam não só os artistas locais como a nível nacional e internacional.

MOITA COM @RTE | DIA DO MUNÍCIPIO

Almejo que esta exposição, para destacar o Dia do Município, nos ajude também a nós a refletir um pouco a nossa forma de sentir e ver a Moita, o município onde uns nasceram e cresceram, e outros, como eu, escolheram para viver.

Para o Artista Plástico António Tapadinhas,

 

“MOITA um concelho voltado para o mundo, na margem certa do rio Tejo”

 

Na pintura, as suas obras têm em comum um audacioso cromatismo, vivo e dinâmico, pleno de exuberância, um hino à alegria de viver.

Título:  O Passeio dos Varinos. Vila: Moita. Autor: António Tapadinhas. Técnica: Acrílico sobre Tela. Dimensões: 50 x 70 cm. Ano: 2019. Preço: € 350|Título:  Parque Municipal – Moita. Autor: António Tapadinhas. Técnica: Acrílico sobre Tela. Dimensões: 60 x 80 cm. Ano: 2019. Vila: Moita. Preço: € 350|Título:  Sapal Alhos Vedros. Autor: António Tapadinhas. Técnica: Acrílico sobre Tela. Dimensões: 30 x 60 cm. Ano: 2020. Vila: Moita. Preço: € 200|Título:  Relíquias do Rosário. Autor: António Tapadinhas. Técnica: Acrílico sobre Tela. Dimensões: 30 x 60 cm. Ano: 2020. Vila: Moita. Preço: € 200|Título:  Cais Moita. Autor: António Tapadinhas. Técnica: Acrílico sobre Cartão Telado. Ano: 2020. Vila: Moita. Preço: € 50| Título:  Cicatrizes. Autor: António Tapadinhas. Técnica: Acrílico sobre Tela. Vila: Moita. Ano:  2019. Preço: € 250| Título:  Companheiros. Autor: António Tapadinhas. Técnica: Acrílico sobre Tela. Vila: Moita. Ano: 2019. Preço: € 300|Título:  Flores Rosário. Autor: António Tapadinhas. Técnica: Acrílico sobre Tela. Vila: Moita. Ano: 2020.Preço: € 200|Título:  Quase Auto-retrato. Autor: António Tapadinhas. Técnica: Acrílico sobre Tela. Vila: Moita. Ano: 2020, Preço: € 350| Título:  Rosário. Autor: António Tapadinhas. Técnica: Acrílico sobre Cartão Telado. Vila: Moita.

Para o Artista Plástico Rogério Magalhães,

 

“Vila da Moita, onde primeiro estranha-se depois entranha-se”

 

Os temas paisagísticos, os recantos de casarios, os trechos monumentais, os retratos saltam vivas destas aguarelas de fácil “Receituário”, onde a capacidade da modelação base adquire valores de transparência cromática e, por vezes, da romântica evocação. Vejam-se, neste âmbito, as aguarelas sobre a Moita.

Título:  Rua 5 de Outubro – Moita (1) Autor: Rogério Magalhães. Técnica: Aguarela. Dimensões: 32X50.| Título:  Rua 5 de Outubro – Moita II Autor: Rogério Magalhães. Técnica: Aguarela. Dimensões: 29X42| Título:  Rua dos Marítimos, Moita  Autor: Rogério Magalhães. Técnica: Aguarela. Dimensões: 35X48 Vila: Moita| Título:  Rua Machado Santos, Moita. Autor: Rogério Magalhães. Técnica: Aguarela. Dimensões: 35X48. | Título:  Praça da República, Moita  Autor: Rogério Magalhães. Técnica: Aguarela. Dimensões:

O Artista impôs-se, desde o seu primeiro certame em 1985, com os seus óleos através de uma pintura naturalista de forte intensidade cromática, servido por um bom desenho e por certa frescura na cor.

Título:  Estaleiro do Gaio. Vila: Moita. Autor: Rogério Magalhães. Técnica: Óleo. Dimensões: 24X30|Título:  Sobre o linho. Autor: Rogério Magalhães. Técnica: Óleo. Dimensões: 65X50|Título:  Rosário. Vila da Moita.  Autor: Rogério Magalhães. Técnica: Óleo. Dimensões: 40X60|Título:  Trav. da Piedade. Vila: Moita. Autor: Rogério Magalhães. Técnica: Óleo. Dimensões: 50X65| Preços sob consulta.

Para o Artista Plástico Vítor Moinhos,

Os meus barcos, embora imaginários, não deixaram de ser inspirados pelas tradicionais embarcações que ocuparam, não há muito tempo, um papel muito relevante no engrandecimento da vila da Moita.

 

Artista do Imaginário e experimentalista em constante mutação, na mórbida tentativa de descodificar o mistério da Vida, procura deixar, em cada obra concluída, o convite para uma viagem de emoções através de um universo assente em três pilares chave: Imaginação, Inspiração e Criatividade, embebidas em poemas pintados no branco da tela, onde cada verso é composto por pinceladas cheias de cor, luz e movimento, numa desenfreada luta contra o lado cinzento da Vida.

Título:  Barcos 56 . Autor: Vítor Moinhos. Técnica: acrílico sobre tela. Dimensões: 50×70|Título:  Barcos 47. Autor: Vítor Moinhos. Técnica: acrílico sobre tela. Dimensões: 80×60|Título: Barcos 49. Autor: Vítor Moinhos. Técnica: acrílico sobre tela. Dimensões: 80×60. Título:  Barcos 48. Autor: Vítor Moinhos. Técnica: acrílico sobre tela. Dimensões: 80×60|Título:  Barcos 62. Autor: Vítor Moinhos. Técnica: acrílico sobre tela. Dimensões: 25×25|Título:  Barcos 68. Autor: Vítor Moinhos. Técnica: acrílico sobre tela. Dimensões: 25×25|Título: Barcos 66. Autor: Vítor Moinhos. Técnica: acrílico sobre tela. Dimensões: 25×25.| Título:  Barcos 65. Autor: Vítor Moinhos. Técnica: acrílico sobre tela. Dimensões: 25×25.| Título:  Barcos 69. Autor: Vítor Moinhos. Técnica: acrílico sobre tela. Dimensões: 25×25. Título:  Barcos 71. Autor: Vítor Moinhos. Técnica: acrílico sobre tela. Dimensões: 25×25|Título:  Regata II. Autor: Vítor Moinhos. Técnica: acrílico sobre tela. Dimensões: 80×70|Título: Regata I. Autor: Vítor Moinhos. Técnica: acrílico sobre tela. Dimensões: 60×73.| Preços sob consulta.

SINTA-SE À VONTADE: CONHEÇA OU RELEMBRE AS BIOGRAFIAS DOS PROTAGONISTAS/CRIADORES DESTAS TELAS